Cadastre seu email e receba as postagens do JUVENTUDE CATÓLICA

sexta-feira, 19 de março de 2010

Inferno...prova do Amor de Deus

Meus queridos amigos e irmãos e Cristo, sei que o título desta postagem parece a principio uma loucura, uma contradição, chega a parecer uma grande blasfêmia, mas é na verdade uma afirmação extremamente correta que ouvi certa vez em uma formação Teológica qual tive o prazer de participar.
Deus nos criou por amor, para sermos amor, para vivermos o amor por que Ele em si é o próprio Amor. E é justamente por este amor incondicional e único, o famoso Amor Ágape é que posso afirmar com toda certeza de que se alguém vai para o Inferno após seu julgamento, é porque Deus ama demais aquela pessoa.
Como assim?
Pois bem, vamos aos fatos...
Deus nos deu em sua infinta bondade, a graça da sabedoria, ou seja, somos dotados de consciencia, logo, sabemos exatamente o que fazemos, onde vamos, com quem, quando, porque...enfim, tudo é feito conscientemente.
Deus ao longo de nossas vidas, vai nos direcionando rumo ao caminho da Salvação (aquele mesmo caminho de porta estreita, onde o fardo muitas vezes é pesado), porém ao mesmo tempo o inimigo vai nos oferecendo o oposto, paralelamente ele tenta nos convencer de que segui-lo é a melhor alternativa, este por sua vez se utiliza de mentiras, seduções, e articulações mirabolantes para nos desviar daquele caminho que Deus tende a nos guiar.
"Tudo lhe é permitido, mas nem tudo lhe convém" Cor.1,12 nos dá um breve mas precioso ensinamento que na maioria das vezes deixamos esquecido dentro da Bíblia.
Ao citar que o fato de ir para o Inferno é prova de que Deus o(a) ama, é simplismente pelo fato de que Deus poderia a qualquer momento definir o que você deveria fazer sem que você tivesseoportunidade de escolha, Ele tem o poder para determinar exatamente quais seriam seus passos e com isso fazer com que você definitivamente não pecasse, porém ele por Amor respeita sua decisão, mesmo que o caminho escolhido por ti, te leve para longe Daquele que por Amor te criou.
Ele te mostra o caminho do bem, mas te respeita, respita sua decisão, seja qual for ela...se isso não for prova de amor, não sei o que pode ser então.
"Ele pôs diante de ti a água e fogo. Estende a mão para aquilo que desejares. A Vida e a morte, o bem o mal estão diante do homem; o que ele escolher, isso lhe será dado" Eclo.15, 17-18
Deus não quer jamais que nos afastemos Dele, não foi para isso que nos Criou, pelo contrário, mas seu Amor infinito e incondicional faz com que Ele respeite sua decisão, seu poder de escolha, mesmo que isso lhe machuque profundamente. Amor igual não há... por isso Ele é Deus e não há outro qualquer semelhante a Ele.
Portanto, fica aqui o convite para reflexão, de modo que possamos meditar muito sobre as decisões que temos tomado em nossas vidas, os caminhos que temos escolhidos, os rumos que temos traçados, as direções que temos determinado. Deus, além de seu Filho muito amado, nos envia ainda o Espírito Santo para que possa nos auxiliar em nossas escolhas, cabe a nós termos o discernimento e a sabedoria suficiente para ouvi-lo.
Graça e Paz estejam com todos!
Amém!!!

Renato Emanuel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário

Ele Ressuscitou! Aleluia, pois Ele Vive!

Homenagem da Juventude Católica a João Paulo II, inesquecível!

E você? O que faria? (Ative a legenda em Português na barra do video)