Cadastre seu email e receba as postagens do JUVENTUDE CATÓLICA

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Ser Cristão é crime!

Pois é meus amigos e amigas, a lei agora é amordaçar o Cristão, banalizar a família, indignar a moral a favor da popularidade e do politicamente correto!
Se a moda é lutar pelos direitos, então lutemos pelo nosso, como Cristão!
Aprovaram por unanimidade a união homosexual no país. (Respeito mas ainda sim não concordo)
Querem aprovar a adoção de crianças por casais gays! (Não respeito nem concordo)
Querem legalizar o aborto. (Não respeito muito menos concordo)
Pelo jeito, daqui alguns dias, veremos algo assim: "O MINISTÉRIO DA JUSTIÇA ADVERTE: Ser Crisão é crime inafiançável"
Seremos João Batista, Estevão ou Santa Inês dos tempos modernos! Podemos ser presos e até caçados simplismente por defender a Fé que professamos!
O politicamente correto tem se tornado o grande mal da sociedade!
Se crer em Jesus, seguir seus ensinamentos e amar absolutamente tudo que Deus fez e da forma como Ele fez for preconceito...PODEM ME PRENDER!!!
Eu que sempre fui contra, hoje a politica nacional me obriga ser favorável ao divórcio, mas o divórcio gay!
Convido a todos os Católicos e Cristãos de modo geral e não se calarem, a não sentirem medo nem vergonha por defender nossa Fé, nossa riqueza espiritual, aquilo que Jesus nos ensinou e pelas quais inumeras pessoas ao longo daa história morreram.
Postem, comentem, gravem videos, musicas, façam muito barulho e não se entreguem ao medo nem ao comodismo. Não sejam passivos diante o que estão fazendo com aquilo que Deus nos deu... a vida e a Fé!
Não se esqueçam: RESPEITAR NÃO É O MESMO QUE CONCORDAR!!!

Renato Emanuel (futuro presidiário por defender a própria fé)

3 comentários:

  1. Acho que está mais do que na hr dos cristãos se levantarem e lutarmos pelo que acreditamos, na vdd que é Jesus Cristo!!

    ResponderExcluir
  2. Estado e religião não podem mais ser compartilhadas ou vistas como a mesma coisa. São questões diferentes e que devem ser sempre separadas, sua opinião ou crença não pode cercear ou impedir ou mesmo oprimir a vontade ou direito de terceiros. A sua visão deve ser sempre respeitada.

    Da mesma forma que você tem o direito de escolher como ser e agir, terceiros devem ter as mesmas opções para pensar ou agir de forma diversa. Percebe-se que o autor desse texto está sendo sensacionalista, injusto e agindo agindo como vítima, quando na verdade as questões de aborto, homossexualidade ou adoção são questões de cada um, se você não concorda, não compactue com elas, é realmente sua opinião. Mas ninguém tem o direito de falar mau, ofender ou "pregar" a não aceitação ou o desrespeito, pois não é um problema seu, mas sim daquele(s) indivíduo(s) envolvido(s).

    Somente fanáticos incentivam o ódio e a extrema crença, isso que é perigoso. O seu texto é ofensivo, como se fosse uma guerra ou atos do "demônio". Pare de seguir o que lhe é dito e estude os textos cristãos, israelitas, etc. mas ao menos leia a Constituição Federal e alguns livros, além da bíblia, pois nenhum religioso acadêmico concorda com essa forma opressiva de pensar. De fato, respeitar não é o mesmo que concordar, mas se não pode proibir algo que você acredita ou segue quando outros querer poder questionar.

    A questão é simples:

    "Se a moda é lutar pelos direitos, então lutemos pelo nosso, como Cristão!" - Acreditar em Cristo é seguir seus ensinamentos de paz e respeito mútuo, mas somente os cristãos defendem as lutas...

    "Aprovaram por unanimidade a união homosexual no país. (Respeito mas ainda sim não concordo)" - Sua opinião não importa, pois não é um problema seu, se não é costume da sua crença, respeite a formação desse indivíduo, da mesma forma que ele lhe respeita como hétero

    ResponderExcluir
  3. Sérgio Henrique7 de junho de 2012 13:37

    "Querem aprovar a adoção de crianças por casais gays! (Não respeito nem concordo)" - Novamente não é um problema seu, pois não tem problema nenhum se a sociedade tratar com respeito os casais homossexuais, vez que isso não influência ou muta o caráter da criança e sabe-se que ela sera amada e protegida pelo casal, ao contrário de ser largada nas ruas ou sem um afeto familiar em um orfanato.

    "Querem legalizar o aborto. (Não respeito muito menos concordo)" - Não é a questão de legalizar e sim porque é considerado crime, trata-se de um problema daquela mulher e marido (quando existe), o problema é daquela família, se ela tem a liberdade ou não de abortar, é direito individual de poder fazer o que quiser com o seu corpo, ainda mais quando a criança será abandonada nas ruas para na maioria das vezes ser índice da criminalidade, pois os defensores da vida intra uterina apenas se importam com o feto e o embrião (ou quando ainda é uma placa de petri), mas não quando a criança ganha vida nascendo, não se preocupam com a vida daquela gestante e mulher. "Do mesmo jeito que você pode não concordar, basta não praticar o aborto, mas não deve ser considerado crime, é uma questão individual".

    "Pelo jeito, daqui alguns dias, veremos algo assim: "O MINISTÉRIO DA JUSTIÇA ADVERTE: Ser Crisão é crime inafiançável" - Pare de falar bobagem e agir como o coitadinho esse é um dos países mais religiosos do mundo, onde o acreditar é mais forte do que o fazer

    "Seremos João Batista, Estevão ou Santa Inês dos tempos modernos! Podemos ser presos e até caçados simplismente por defender a Fé que professamos!" - O problema é que todos tem de pensar como você pensa ou estará errado (outra coisa, estude mais o português, pois é simplesmente)

    "O politicamente correto tem se tornado o grande mal da sociedade!" - É o mau da sociedade e não mal, politicamente correto, o que é isso? Você diz os costumes e as crenças que se misturaram nas leis?

    "Se crer em Jesus, seguir seus ensinamentos e amar absolutamente tudo que Deus fez e da forma como Ele fez for preconceito...PODEM ME PRENDER!!!" - Se fosse essa sua maneira de pensar não teria escrito esse estupido e preconceituoso texto, aceitaria os seus semelhantes e diferentes sem frescuras.

    Obrigado.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário

Ele Ressuscitou! Aleluia, pois Ele Vive!

Homenagem da Juventude Católica a João Paulo II, inesquecível!

E você? O que faria? (Ative a legenda em Português na barra do video)